Atuação Lírica

terça-feira, 3 de março de 2015

Esperança



Nessa estrada a qual ponho meus pés a andar fico a esperar, 
a encontrar; 
dê-me por favor seu amor, pois sozinho não consigo mais viver, 
sem você não dá mais pra continuar, pois as feridas que não se calam, calo a calo, ficam a me magoar.
Com você quero todos os dias sonhar, te encontrar no horizonte perfeito, com jeito, com amor se assim for...

Luiz Gonzaga