Atuação Lírica

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Nada além



Da janela do meu quarto, eu vejo o sol nascer
O calor que chega com a luz do dia, vem me aquecer
O frio que ficou aqui quando você partiu.
Da janela eu vejo pessoas felizes, sorrindo.
E até mesmo aquelas que estão triste, sorriem fingindo
Mas eu não posso fingir não sentir a sua ausência!

Nada além do teu amor, eu queria
Nada além da verdade, eu te pedia
Mas você preferiu virar as costas pra gente, pro nosso sonho...

Da janela do meu quarto, eu vejo a noite chegar
No céu, o brilho da lua parece querer iluminar
A mim, que perdi o brilho longe de você.
Pela janela, a brisa entra e eu posso sentir
O frio que sua ausência traz, me impedindo de dormir
Imaginando como seria com você ao meu lado.

Nada além do teu amor, eu queria
Nada além da verdade, eu te pedia
Mas você preferiu virar as costas pra gente, pro nosso sonho...

Pro nosso amor.

Luiz Gonzaga

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Recado à futura namorada



Caríssima futura namorada:

Saibas que, com você quero ser feliz, viver os melhores momentos, as melhores aventuras, os maiores desejos e emoções.
Entregar-se um para o outro de corpo e alma sem medo de ser felizes juntos, ousar e abusar das notas marcantes do fogo da paixão, envolver um ao outro com o mais doce sabor do amor!
Conjugar apenas nas duas primeiras pessoas do singular o verbo AMAR a fim de que nada nem ninguém seja capaz de quebrar o elo de nosso compromisso!
Entre outras coisas, viver o imprevisível e o acaso, a surpresa e a satisfação do jovial experimento da construção de um eterno amor...

                                                                                 Infinitos beijos...

Luiz Gonzaga

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Sabores?!



Baunilha, chocolate, morango...
Leite condensado, laranja, framboesa... 
Champanhe, manga, limão!
Algodão, nylon, cetim.
Jeans, sutiã, lingerie!!!
Batom, rímel, perfume e mais limão!
Melão, pera e melancia...
Amores, beijos, bocas:
Doces desejos!


Luiz Gonzaga