Atuação Lírica

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Corpus



Deitado eternamente em suas curvas, deliro na loucura.
Em cada volta, me perco em teu corpo, fico louco!!!
Loucura que não me tira a razão, em cada centímetro de tua branca pele sinto o arrepio, entre teus sedosos cabelos, meus dedos permeiam, passeiam como se entremeassem no mais fino dos tecidos.
Ao teu lado viajo em teus olhos sem que precise mover de onde estou.
Seu beijo agrega sabores, quando estamos juntos agregamos valores, sozinhos somos dois, juntos somos um...
Quando estamos juntos a loucura é o limite e não nos limitamos a ousar e abusar de nossos sentimentos mais primatas, sei que em lugar aprendemos a amar, contudo a cada dia nos descobrimos e tudo sai espontaneamente.

Luiz Gonzaga